Os 3 R’s Pós COVID-19: Recomeçar, Retomar e Reinventar - Clear Promocoes

Os 3 R’s Pós COVID-19: Recomeçar, Retomar e Reinventar

Os governos de todo o mundo estão planejando uma saída gradual do cenário de isolamento social e limitação de circulação de pessoas. Embora isso ocorra de formas diferentes, as empresas têm preocupações em relação ao futuro e como ele deve ser conduzido.

Pensando nisso, a Nielsen detectou três cenários temporais diferentes para a reestruturação do mercado global, que vai além da gravidade do COVID-19, e identificou as possibilidades de cada uma. Foram identificadas as condições para as empresas recomeçarem, retomarem ou reinventarem, conforme enfrentam condições de estagnação sem precedentes.

Embora haja dinheiro sendo investido em pacotes de estímulo econômico, com vários países ainda enfrentando milhares de mortes causadas pelo novo corona vírus, e a continuidade das medidas de isolamento e bloqueio de circulação de pessoas, a questão de como reestruturar a economia depende das mudanças comportamentais dos consumidores.

Considerando fatores como desemprego, pacotes de resgate financeiro e taxas de juros, assim como tópicos relacionados à maneira que a doença está sendo gerenciada e a resposta dos governos para prover assistência médica e financeira aos cidadãos, foi possível descobrir três cenários temporais.

O impacto do COVID-19 é profundo e mais abrangente do que qualquer coisa que já presenciamos, mas o ritmo da mudança também é extraordinário. Esses cenários revelam padrões comportamentais dos consumidores novos e adaptados à nova realidade, que levam a tipos diferentes de demandas.

Os três cenários temporais previstos para o pós-COVID19 são:

  • Retomar: Uma tentativa antecipada de retorno às condições normais de vida (locais de trabalho, bares, escolas, lojas, restaurantes etc.), irão reabrir em algum momento do terceiro trimestre de 2020.
  • Recomeçar: Por volta do quarto trimestre de 2020.
  • Reinventar: Um cenário a longo prazo que visualiza o mundo de volta às condições normais de vida em algum momento da primeira metade de 2021.

O mundo está se reestruturando. Os hábitos do consumidor estão mudando cada vez mais, e é necessário entender essas mudanças, para as empresas conseguirem se recalibrar e atender melhor o consumidor.

O quadro mostra vários comportamentos e hábitos que serão acelerados em cada um dos cenários. Em alguns casos, as mudanças que levariam anos para acontecer, podem ocorrer em questão de meses.

Durante o ano, a Nielsen observou mudanças significativas na forma de pensar do consumidor, e prevê como irão se comportar após o fim da pandemia, principalmente na área tecnológica e no uso das plataformas digitais.

Estratégias de reestruturação

Em cada cenário detectado pela Nielsen, um número distinto de fatores e comportamentos do consumidor podem ser identificados.

Primeiro cenário – Retomar: Diversos fatores como indicadores de saúde, ações de governos, empresas e as condições de mercado indicam um cenário ‘’normal’’ reformulado, que teria as possíveis consequências:

  • Alta exigência de precauções por parte dos cidadãos, o tempo inteiro;
  • Limitação dos pontos de contato;
  • Maior valorização do espaço pessoal;
  • Maior preferência para locais abertos;
  • Aumento das restrições financeiras;
  • Valor virtual antes do físico.

Segundo cenário – Recomeçar: A sociedade responde com um conjunto diferente de pontos focais e aposta na reestruturação da economia no final do ano.

  • Continua a exigir maior precauções por parte dos cidadãos;
  • Limitação da proximidade;
  • Limitação dos pontos de contato;
  • Maior confiança nos produtos e serviços essenciais;
  • Restrições financeiras;
  • Micro confiança local.

Terceiro cenário – Reinventar: Será necessária uma completa reinvenção, que provavelmente só acontecerá em 2021. As características e comportamentos dos consumidores serão reforçados de acordo com os outros cenários.

  • Continua a exigir maior precauções por parte dos cidadãos;
  • Limitação da proximidade;
  • Limitação dos pontos de contato;
  • Sobrevivência apenas consumindo produtos essenciais;
  • Maior preocupação financeira;
  • Maior repercussão social.

Em cada um desses cenários, as compras realizadas irão mudar. A lista, tamanho das embalagens, escolhas de marcas e muito mais serão modificados conforme os consumidores se adaptam ao novo contexto econômico e passam a aumentar o foco em sua saúde e segurança.

Dois grupos de consumidores também irão aparecer – aqueles que mantiveram seus empregos e continuaram protegidos do impacto econômico, e os que terão seus hábitos de consumo restringidos por conta do desemprego ou outras consequências relacionadas ao Covid-19.

Nós da Clear Promoções somos uma empresa de promoção e merchandising, que atua neste segmento desde 1997 e possui larga experiência em ações promocionais ligadas a pontos de venda, eventos, feiras e ações temporárias em locais diferenciados, como shows, casas noturnas e universidades.

Entre em contato conosco pelos nossos canais de atendimento e nos siga para ficar por dentro das novidades.

Fonte: Nielsen Media Research

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *