O que é merchandising no PDV?

O ponto de venda (PDV) ou vitrine é um convite para os clientes entrarem e realizarem compras.

Com a pressa que atualmente lidera a vida de todos e consumidores com os olhos quase sempre voltados para a tela de um celular, a disputa por atenção está a cada dia mais desafiadora.

Para o sucesso de vendas de uma marca é fundamental que se tenha uma boa estratégia de merchandising. Essas estratégias estão cada vez mais sofisticadas exigindo técnicas e métodos igualmente avançados.

De acordo com o economista Herbert Simon, a riqueza de informação cria a pobreza de atenção, pois o consumidor atual vive a chamada “economia de atenção”.
Existem regras para o Merchandising no PDV?

Sim, algumas regras ajudam a otimizar seu merchandising e a primeira delas é simplesmente se colocar no lugar do consumidor, sem assumir que seu gosto individual é igual ao dos seus clientes.

É preciso lembrar-se que cada tipo de negócio tem suas particularidades e seu público alvo. Há os que preferem promoções, outros se preocupam com a forma de pagamento e outros se interessam por novidades.

Muitas vezes os itens expostos numa vitrine, por exemplo, podem não ser os mais lucrativos, mas devem ser atrativos o suficiente para trazer as pessoas para dentro da loja.

Separamos algumas dicas para que seu merchandising seja um sucesso:

• Pense na loja como um todo para elaborar a estrutura de seu PDV. Não se limite a uma área específica como a vitrine, por exemplo. A fachada, iluminação, sonorização, etc. são pontos muito importantes.
• Invista em ações sensoriais despertando todos os cincos sentidos do consumidor. Quanto maior o número de sentidos estimulado, melhor será a experiência de compra.

Estimule a visão com cores e imagens, o tato com a possibilidade de se tocar e testar os produtos, o olfato com fragrâncias agradáveis e adequadas à marca, a audição com uma música ambiente relacionada ao produto que reforce a mensagem a ser passada e finalmente o paladar com a degustação do produto que além do mais elimina a fome, um dos principais motivos da pressa em se deixar a loja.

• Utilize o método do Cross-merchandising que induz o cliente a comprar algo por meio de técnicas de estímulo por associação. Um exemplo disso é colocar achocolatados e cereais junto ao ponto de vendas de leites.

• Utilização da “regra de três” – Aqui o promotor deve trabalhar com conjuntos de três peças (por exemplo, organizar itens por altura: pequeno, médio e grande. O consumidor fica mais atento à área que proporcione a sensação de movimento.

• Precificação – o preço é um dos primeiros fatores que determina a decisão de compra. Evite escondê-los. É fundamental que estejam visíveis e fáceis de identificar.

• Contrate promotores de vendas optando por profissionais capacitados e experientes na área. Eles devem estar sempre presentes para a demonstração de um produto atendendo o cliente com a maior gentileza possível para que se sintam convidados a comprar.

• Identifique os pontos quentes da loja, aqueles onde os clientes compram mais e coloque ali os itens com menos saídas.

• Mantenha o PDV abastecido, para que os clientes não se sintam desencorajados a comprar, pelo aspecto de “abandono”. Itens promocionais necessitam maior atenção, pois vendem mais rápido.

A Clear Promoções pode ajudá-lo no merchandising do seu PDV com eficiência e pessoal treinado. Consulte nosso site e conheça nossos serviços.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *